top of page

J.Marins: o pão caiu virado, agradeça! Você tem pão


Ontem, dia 6/01, o mundo celebrou o dia da gratidão.

Agora, a grande questão: você é grato e , se o for, pelo o que você é grato?

Se a resistência do chuveiro queima, você reclama e fica chateado ou agradece por dispor de água para seu asseio, suas necessidades e tudo o que esse incrível líquido nos proporciona?

Caso o pão escape de sua mão e desabe virado para baixo, você fica irado e joga ele fora ou dá graças por ter o alimento, limpa a parte que tocou o chão e o come, rogando para que todos no mundo possam ter um pão, ao menos uma vez ao dia?

Quando o dia está nublado e chuvoso, você agradece pelo clima agradável e pela chance de vestir uma roupa elegante ou prefere reclamar por ter que trabalhar enquanto poderia estar em casa?

Se está atrasado para uma reunião de negócios, você agradece por ter um trabalho que é fonte do seu sustento ou reclama por ter que passar horas em uma sala com seu chefe?



É… Para muitas pessoas parece ser mais fácil enxergar a parte negativa do que acontece conosco do que agradecer, não é mesmo? Mas eu digo com clareza que não! Não é mais fácil e não precisa ser assim. Você precisa se acostumar a agradecer. A sua caixa de mensagens está lotada? Não se queixe, dê graças por isso, porque está sendo lembrado. O pneu do carro furou? Ora, agradeça. Você tem seu carro. Vai cedo para a escola ou faculdade? Que bom! Agradeça, e deseje que muitos que não tem, possam vir a ter esse direito fundamental. Isso deve ser contínuo, permanente. É fantástico agradecer! Incrível como tudo progride para quem agradece! Faça do agradecimento um hábito em sua vida.

O estresse, as responsabilidades e os compromissos diários acabam ofuscando nossa visão para aquilo que é bom e que merece mais reconhecimento e GRATIDÃO da nossa parte.

Se você não tem o hábito de agradecer, saiba que isso pode estar afastando você daquilo que mais busca: sua felicidade, seu sucesso profissional e financeiro, sua influência pessoal, suas relações familiares ou até mesmo sua saúde.

Por isso estou aqui para lembrar da importância de praticar a gratidão em sua vida.

Faça isso agora, enquanto lê essa crônica, agradecendo por ter olhos para ler e estudo para entender. Aproveite e olhe o lado bom de tudo que vem acontecendo ao seu redor.

Seja grato pela sua vida, pelo respirar, seja grato pelas refeições do seu dia. Seja grato pelas pessoas a sua volta.

Se todos soubessem do poder de transformação e de cura que a gratidão possui, ninguém deixaria de colocá-lo em prática um dia sequer.




Agradeça por tudo que as pessoas entregam a você, até mesmo pelas experiências não tão positivas que já teve que enfrentar, pense que de alguma forma isso servirá para a sua evolução, e demonstre gratidão.

Quer saber como iniciar esse processo de exercer gratidão diária? Eu o(a) convido a conhecer o MovLiber, o Movimento Libertologia do qual sou um dos fundadores. Visite as nossas mídias, baixe gratuitamente ebooks e participe dos nossos eventos, e, caso deseje, nos apoie e faça fazer valer a máxima de que a Gratidão deve ser exercida todos os dias.


por j. Marins, escritor, palestrante, jornalista, professor, sociólogo e juiz federal.



J. Marins é especialista em oratória e cofundador do Movimento Libertologia e da Ciência da Liberdade. Autor de mais de duas dezenas de livros, o professor J. Marins treinou e capacitou, nos últimos 21 anos, mais de 30 mil homens, mulheres e adolescentes, conectando-os com suas capacidades, despertando o infinito potencial que existe em cada um desses maravilhosos seres humanos, aptos e prontos para a conquista da Liberdade Emocional, Financeira e Profissional, tornando-os pessoas definitivamente Mais Livres, Felizes e Prósperas.


O texto desta crônica integra o livro A CIÊNCIA DA LIBERDADE, de autoria de J.Marins. Você pode adquirir GRÁTIS o ebook, para isso clique aqui>>>>>>> https://www.movimentolibertologia.org/ciencia-da-liberdade





57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page